ALKANTARA

O Festival das artes performativas contemporâneas está de regresso a Lisboa, de 23 de Maio a 9 de Junho. Este ano comemora 25 anos de existência e festeja, na abertura, com um espectáculo de dança no feminino no Castelejo do Castelo de S. Jorge.

O programa que passa, entre outros, pelos teatros Maria Matos e São Luiz reúne artistas de 11 países, 7 estreias mundiais e 12 estreias nacionais – nas quais se incluem as peças de Aldara Bizarro, Vera Mantero e João Fiadeiro.

Representações performativas, concertos, uma exposição, exibição de filmes, uma mesa redonda e conversas com artistas fazem parte da programação desta que é a 15ª edição.

Programação nos espaços EGEAC:

Teatro Maria Matos
2 e 3 de Junho
LA PLAZA, El Conde de Torrefiel (Espanha)
sábado e domingo, às 19h00

7 a 9 de Junho
QUARTA-FEIRA: O TEMPO DAS CEREJAS, Cláudia Dias (Portugal)
quinta e sábado, às 19h00, sexta, às 21h30

Teatro São Luiz
31 de Maio a 1 de Junho
MUYTE MAKER, Flora Détraz (França)
INFINI #5, Rimah Jabr & Decoratelier Jozef Wouters (Palestina/Bélgica)
LE KOMBI, Jeannot Kumbonyeki (República Democrática do Congo)
quinta e sexta, às 21h00

2 e 3 Junho
RADIO NO FREQUENCY, Zina Zarour (Palestina)
INFINI #5, Rimah Jabr & Decoratelier Jozef Wouters (Palestina/Bélgica)
TRANSOBJETO, Wagner Schwartz (Brasil)
sábado e domingo, às 21h00

7 a 11 de Junho
ÍTACA — NOSSA ODISSEIA I,  Christiane Jatahy (Brasil) — Artista na Cidade 2018
quinta, sexta, sábado e segunda, às 21h00. Domingo, às 17h30
Conversa com Christiane Jatahy
sexta, 8 de Junho, às 23h30