Atelier-Museu Júlio Pomar

O Atelier-Museu Júlio Pomar tem por missão conservar, divulgar e aprofundar o conhecimento da obra de Júlio Pomar nos seus diversos aspetos, fomentar a reflexão crítica e o debate em torno das artes e da cultura contemporâneas.

A estrutura museológica integra um conjunto de espaços culturais do município de Lisboa que promove junto dos públicos um acesso às artes e à produção cultural. Desde 2 de janeiro de 2015 o Atelier-Museu passou a integrar a rede de espaços culturais geridos pela EGEAC.

Operando no domínio da arte contemporânea e procurando abarcar a pluralidade de expressões que constituem o seu corpus atual, o Atelier-Museu é palco de diversas exposições e eventos, procurando semear a liberdade do olhar, a postura crítica e a abertura que caracteriza o autor que lhe dá nome.

O projeto arquitetónico do Atelier-Museu Júlio Pomar, de recorte austero e linhas depuradas e integrado discretamente na malha arquitetónica do bairro, é da autoria do arquiteto  Álvaro Siza Vieira.

 

Programa museológico e atividades complementares

Como lugar de especificidade e pólo de divulgação da obra de Júlio Pomar, o Atelier-Museu engloba um programa de exposições que procura dar conta da pluralidade técnica e temática da obra deste autor, reconhecido por várias gerações como um artista multifacetado.

Explorando as potencialidades intrínsecas que o espaço oferece, as atividades expositivas do Atelier-Museu procurarão revestir-se das qualidades estéticas do espaço, nomeadamente das proporções a ele inerentes, e da luz que recorta os seus volumes, de modo a estabelecer uma relação de contiguidade entre as obras e o lugar que as recebe.

O acervo abrange um vasto conjunto de obras que não pode ser apresentado numa única mostra mas que irá sendo exposto periodicamente, a par de um programa de atividades complementares, práticas e teóricas, que envolverão arquitetos, artistas, curadores, pensadores das diversas áreas e público em geral. Privilegiando o depósito, mas recorrendo também a obras emprestadas que se consideraram seminais na produção artística de Júlio Pomar, o programa expositivo abrangerá mostras parciais do acervo, antologias de desenho, ilustrações para obras literárias, artes decorativas, entre outras vertentes, que certificam a dimensão plural a que a obra sua obra está ligada.

O Atelier-Museu acolhe também exposições de outros artistas, da sua e de outras gerações, nacionais e internacionais, emergentes e consagrados, propondo um diálogo com o espaço e com a obra de Júlio Pomar.

 


Acessibilidade

Acessível a pessoas com mobilidade reduzida.


Rua do Vale, 7
1200 - 472 Lisboa

terça a domingo das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00
Encerra às segundas e nos feriados 1 de Janeiro, 1 de Maio e 25 de Dezembro
Última admissão: 30 minutos antes da hora de encerramento


706, 714, 727, 773
Rato, Cais do Sodré, Baixa-Chiado
28
Largo de Jesus, Calçada do Combro