Museu do Aljube

O espaço que albergou uma antiga prisão política da ditadura militar e do Estado Novo durante o regime de António de Oliveira Salazar presta agora homenagem à resistência e à liberdade através do Museu do Aljube.

Em quatro pisos do número 42 da Rua de Augusto Rosa se organizam uma mostra de objetos arqueológicos, um espaço para exposições temporárias, uma exposição permanente um auditório e uma cafetaria com vista panorâmica sobre a Sé Catedral e o rio Tejo. O museu também dispõe de um serviço educativo (que organiza visitas didáticas) e de um centro de documentação, onde disponibiliza literatura especializada e desenvolve actividade de investigação aplicada às temáticas do Museu.


Rua de Augusto Rosa, 42
1100-059 Lisboa

O museu está aberto diariamente das 10h00 às 18h00h.
Encerra às segundas-feiras e feriados.


Auditório
65 lugares sentados
Equipamento: luz e som


737
12 e 28
Portas do Sol e Chão do Loureiro