São Luiz Teatro Municipal

O São Luiz Teatro Municipal é um espaço nobre de encontro entre as artes e os cidadãos que buscam uma experiência de prazer inteligente. Desdobrando as suas propostas entre uma sala à italiana com capacidade para albergar espetáulos exigentes e o Jardim de Inverno, espaço mais versátil e informal, o São Luiz Teatro Municipal apresenta uma programação diversa, composta por teatro, dança, música e literatura, e aposta no aprofundamento da experiência de públicos sempre mais diversos e mais alargados.

Sob o impulso do ator Guilherme da Silveira, constituiu-se em 1894 uma sociedade para a edificação de um Teatro, na antiga rua do Tesouro Velho, em terrenos pertencentes à Casa de Bragança. Preside o Visconde de São Luiz Braga, com Celestino da Silva, Alfredo Miranda, Alfredo Waddington e António Ramos, familiar de Ramalho Ortigão. Cumprindo um projeto do arquiteto francês Louis-Ernest Reynaud modificado em Lisboa por Emilio Rossi, é inaugurado oficialmente em 22 de Maio, pelo Rei D. Carlos e pela Rainha D. Amélia de Orleães, de quem viria a receber o nome de Teatro Dona Amélia. Em 1918, morre o Visconde de São Luiz de Braga e, em homenagem ao seu grande dinamizador, passa a chamar-se Teatro São Luiz.

Com uma programação de referência, o São Luiz Teatro Municipal ganhou relevo nas vertentes culturais em que se integra, como teatro, música, dança, stand-up comedy, encontros e debates, entre outras. A versatilidade das propostas apresentadas nos seus dois palcos – Sala Principal e Jardim de Inverno – reflete um conceito de teatro municipal que visa uma diversificação de públicos.

 


Acessibilidade

PÚBLICO COM MOBILIDADE REDUZIDA

Todos os espaços do São Luiz são acessíveis a pessoas com cadeiras de rodas e carrinhos de bebé, exceto o 1.º e 2.º balcões. Próximo da entrada principal existe um elevador para o piso superior (1: Jardim de Inverno, camarotes de 1.ª ordem) e os dois pisos inferiores (Piso-1: WC Homens, Piso-2: WC Senhoras). As casas de banho são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida.

PÚBLICO SURDO

Algumas peças de teatro que são co-produzidas pelo São Luiz têm uma sessão com interpretação em Língua Gestual Portuguesa. As datas destas sessões são anunciadas nos materiais de divulgação dos espetáculos e no site do São Luiz. Os espectadores surdos deverão reservar os seus lugares, no mínimo com uma semana de antecedência, através do e-mail bilheteira@teatrosaoluiz.pt para que se garanta bom contacto visual com os intérpretes.

APOIO

Para qualquer outro apoio ou informação da parte do São Luiz Teatro Municipal no que diz respeito às questões de acesso, contacte, através do número de telefone 213 257 640 (Direção de Comunicação) ou do email info@teatrosaoluiz.pt .


Rua António Maria Cardoso, 38
1200-027 Lisboa

Bilheteira:
Dias sem espetáculos: das 13h00 às 20h00
Dias com espetáculos: das 13h00 até 30 minutos após o início da sessão
Encerra no mês de Agosto

 


Sala Luis Miguel Cintra
Palco: 11,5m x 14m
Lotação: 730
Equipamento: som, luz e multimédia

Sala Bernardo Sassetti
Palco: 12m x 6m
Lotação: 170 lugares
Equipamento: som, luz e multimédia

Teatro-Estúdio Mário Viegas
Palco: 4,5m x 8m
Lotação: 105 lugares
Equipamento: som, luz e multimédia
Possibilidade de recolha da bancada, transformando a sala num espaço amplo

Bar do Jardim de Inverno
Aberto uma hora antes do início do espetáculo na Sala Luis Miguel Cintra e meia hora antes do início do espetáculo nas Salas Bernardo Sassetti e Mário Viegas.
Encerra meia hora após o fim do espetáculo.


758
Baixa-Chiado
Cais do Sodré
28
Praça Luís de Camões, Chiado