15 Novembro, 2016

Santo António – o Santo de Lisboa

O Museu de Santo António dá a conhecer a figura do Santo, destacando a sua relação com Lisboa, cidade onde nasceu e viveu até aos 20 anos.

Exibe a rica iconografia de Santo António mostrando como se  construiu a sua imagem ao longo dos séculos e a sua curiosa carreira militar póstuma, no decurso da qual ocupou, desde o século XVI, diversos cargos em Portugal, no Brasil, em Macau e em países africanos.

A Igreja que lhe é dedicada, erguida no local tradicionalmente considerado o do seu nascimento, é outro dos núcleos da renovada exposição, que aborda ainda o culto que lhe é prestado e as formas singulares de que se reveste em Portugal e nos países de evangelização portuguesa.
A reputação de milagreiro de Santo António, as tradições que lhe estão associadas (santo casamenteiro, santo dos objetos perdidos) e as diversas festividades (a procissão, os casamentos, os arraiais e as marchas) completam o circuito expositivo que conta ainda com a leitura dos milagres de Santo António pelas vozes gravadas de Maria Bethânia, Carminho e João D’Avilla além de um destaque especial a Fernando Pessoa, nascido a 13 de junho e que deve o seu nome (Fernando António) à devoção da sua mãe ao santo lisboeta.
A exposição apresenta peças do acervo da CML e de coleções públicas e privadas, que são periodicamente renovadas, permitindo dar a conhecer o vasto espólio de temática antoniana disperso pelo país.

 

O Museu fica no Largo de Santo António da Sé, nº 22.

Mais informação aqui