Saltar para conteúdo principal Mapa do site Ajuda na navegação e acessibilidade web Página inicial EGEAC

24 de novembro, 2022

Bandas Filarmónicas voltam à Avenida da Liberdade

concentração de bandas filarmónicas nos restauradores
©EGEAC/José Frade

1 DE DEZEMBRO, QUINTA-FEIRA | 15h00 | AVENIDA DA LIBERDADE

Na próxima semana, a  Avenida da Liberdade volta a ser palco do Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas integrado nas comemorações do 1.º de Dezembro – dia em que se assinala a Restauração da Independência em Portugal.

Este ano são 26 as bandas participantes, envolvendo músicos de diferentes gerações de bandas e agrupamentos oriundos de diversos pontos do país.

A Orquestra de Percussão de Mafra – Academia do Bombo e a Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana abrem este IX Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas que terá início, como habitualmente, junto à Estátua dos Combatentes da Grande Guerra, pelas 15h00.

A Banda Musical e Artística da Charneca é a convidada deste ano para representar Lisboa, a cidade anfitriã desta iniciativa que visa homenagear e divulgar uma prática musical com mais de 200 anos e que, um pouco por todo o país, continua a desempenhar um importante papel na formação cívica e musical de crianças e jovens.

O desfile termina na Praça dos Restauradores com a atuação da Orquestra de Percussão de Mafra – Academia do Bombo e a interpretação conjunta do Hino da Maria da Fonte, do Hino da Restauração e também da versão integral do Hino Nacional A Portuguesa, sob a direção do Maestro João Afonso Cerqueira, da Banda da Guarda Nacional Republicana.

Esta é uma iniciativa organizada pelo Movimento 1.º de Dezembro, SHIP – Sociedade Histórica da Independência de Portugal, Câmara Municipal de Lisboa e EGEAC.

Alinhamento do Desfile

Nota: No dia do desfile ocorrerão alterações de trânsito na Avenida da Liberdade, com constrangimentos entre o Marquês de Pombal e o Rossio.