Saltar para conteúdo principal Mapa do site Ajuda na navegação e acessibilidade web Página inicial EGEAC

14 de outubro, 2021

Lições sobre Dante

Entre setembro e novembro de 2021, Lisboa é palco dos Dias de Dante, um variado leque de iniciativas que celebraram o sétimo centenário da morte de Dante Alighieri, promovidas por uma parceria de várias instituições públicas e privadas (Biblioteca Apostólica Vaticana, Embaixada de Itália em Portugal, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, Istituto Italiano di Cultura di Lisbona, Universidade Católica Portuguesa).

Depois da inauguração da exposição «Visões de Dante. O Inferno segundo Botticelli», a decorrer na Fundação Calouste Gulbenkian, e do colóquio internacional «Dante, um poeta do nosso tempo», o ciclo de quatro LIÇÕES SOBRE DANTE convida especialistas de várias nacionalidades a analisar aspetos fundamentais da obra do supremo poeta italiano.

Por ocasião da semana da língua italiana, no dia 18 de outubro, a segunda das Lições reunirá Alberto Manguel e Pablo Maurette numa conversa centrada na relação entre língua e poesia. Em que medida as línguas nacionais são geradas, guardadas e transmitidas pelos seus poetas? E se a Divina Comedia é universalmente reconhecida como “mamma e nutrice” (“mãe e ama”) da língua italiana, qual é hoje o papel deste poema, setecentos anos depois de ter sido escrito? Será ele apenas o epitáfio de uma mãe entretanto morta há muito tempo, ou pode ser considerado um laboratório vivo da língua “bel paese là dove ‘l sì suona” (“bela terra aonde o si ressoa”)?

__________________________________________________________________________

Dante. Questioni di Lingua
Alberto Manguel (Centro de Estudos da História da Leitura, Lisboa)
Pablo Maurette (Florida State Universiy)
Biblioteca Palácio Galveias | 18 de outubro | 18h00
Conversa em língua italian